BMS - Building Management system

Sistemas de automação predial em que os mecanismos verificam seu próprio funcionamento, efetuando medições e introduzindo correções, sem a necessidade da interferência humana. Os principais focos para esta automação são:

  • Ar condicionado – Em média, o sistema de ar condicionado de um empreendimento representa de 60% a 70% do consumo médio de energia.
  • Iluminação – Em média, a iluminação de um empreendimento representa de 20% a 30% do consumo médio de energia.

CIRCUITO FECHADO DE TELEVISÃO – CFTV/CCTV

CCTV é uma sigla do inglês “closed-circuit television”, cujo significado é “circuito fechado” ou “circuito interno de televisão”. Em português, é também conhecido pela sigla CFTV. O circuito fechado de televisão é um sistema de televisão constituído por câmeras localizadas em pontos específicos, com o objetivo de gravar e transmitir imagens para um ou mais monitores locais ou remotos. 

O CFTV é usado com o principal objetivo de vigiar determinados espaços, podendo ser privados ou públicos (escolas, bancos, ruas etc.), ou mesmo para monitoramento de zonas florestais.


SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

O alarme de incêndio é o sistema responsável pela informação de todos os usuários envolvidos em uma determinada área da iminência da ocorrência de um incêndio ou no princípio do mesmo.

Normalmente, um sistema deste tipo é instalado nos locais a proteger e não precisa de alterações no futuro. É constituído por detectores automáticos, baseados na detecção de fumo, chama ou calor, por acionadores manuais, baseados na observação humana do princípio de incêndio para posterior acionamento do alarme que envia alerta para uma central de alarme. Esta central de alarme, por sua vez, envia sinais de alerta para dispositivos de sinalização audiovisual como sirenes e luzes de emergência.


CONTROLE DE ACESSO

O controle de acesso, na segurança da informação, é composto dos processos de autenticação, autorização e auditoria (accounting).

Neste contexto, o controle de acesso pode ser entendido como a habilidade de permitir ou negar a utilização de um objeto (uma entidade passiva, como um sistema ou arquivo) por um sujeito (uma entidade ativa, como um indivíduo ou um processo). A autenticação identifica quem acessa o sistema, a autorização determina o que um usuário autenticado pode fazer, e a auditoria diz o que o usuário fez.


MONITORAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Serviço de Monitoramento Remoto de Energia Elétrica contemplando eventos e alarmes. É a solução adequada para aplicação que requer acompanhamento centralizado com alta disponibilidade e confiabilidade nos insumos energéticos.


FASES DO PROJETO

  1. Análise do ambiente do cliente;
  2. Levantamento das necessidades e das informações dos sistemas legados;
  3. Diagnóstico do ambiente atual;
  4. Estudo da solução com o melhor custo/benefício;
  5. Apresentação da Solução para o cliente com estudo de retorno de investimento.